Improvável entregou donativo ao Núcleo Regional da Liga Portuguesa Contra o Cancro

A revista Improvável, um produto do JM, entregou, hoje, um donativo ao Núcleo Regional da Madeira da Liga Portuguesa Contra o Cancro, na sequência do evento solidário ‘Sunset Improvável’, do passado dia 1 de outubro, cujos bilhetes reverteram, em parte, a favor desta causa.

O apoio foi entregue, esta manhã, pela ‘publisher’ Sofia Nunes a Ricardo Sousa, presidente do Regional da Madeira, e Helena Toste Silva, coordenadora do movimento ‘Vencer e Viver’, que ressaltou a diferença que estas ajudas podem fazer na vida dos doentes oncológicos.

“Para nós é importantíssimo o vosso donativo, porque a Liga sobrevive com donativos”, disse, lembrando que a Liga tem, em média, uma despesa em termos de apoios sociais a estes doentes à volta dos 10 mil euros.

“Esses 10 mil euros são dados a doentes carenciados e podem ser utilizados para alimentação, transportes e para o que for necessário. Para além desse valor, temos depois as próteses capilares e mamárias que são dadas, por isso, o vosso donativo é importantíssimo. Ao ajudar-nos, nós ajudamos as pessoas”, acrescentou.

Já Sofia Nunes sublinhou que toda a ajuda é preciosa. “Nunca sabemos quem será o próximo e estar do lado de pessoas que precisam é sempre fundamental e a Improvável quis, com todo o prazer, e carinho, ajudar a Liga Contra ao Cancro”, afirmou, deixando o apelo para que mais pessoas se juntem a esta causa.

“Sejam rosa, sejam improváveis, mas ajudem”, apelou.

Recorde-se que o mês de outubro é também conhecido por “Outubro Rosa”, uma iniciativa promovida pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, através do Movimento 'Vencer e Viver', com a finalidade de consciencializar para a prevenção e diagnóstico precoce do cancro da mama, nomeadamente através do Rastreio, e divulgar informação e formas de apoio à mulher e família.