Região

Região já gastou 32 milhões de euros em quase 700 mil testes à covid-19

Assinala-se hoje um ano em que o Governo Regional abriu o centro de rastreio de covid-19 no Aeroporto internacional da Madeira – Cristiano Ronaldo e no aeroporto do Porto Santo, que ajudou a limitar a entrada do coronavírus no arquipélago. Uma decisão acertada para o combate à pandemia na Região, que veio transmitir – e vai continuar - mais segurança não só aos viajantes como aos residentes no geral, como manifestou o secretário regional da Saúde e Proteção Civil, em declarações ao nosso Jornal.

Conteúdo disponível somente para utilizadores com subscrição online.
Faça a sua assinatura digital!
Tenha acesso na íntegra às notícias da edição impressa do dia, bem como de todo o arquivo disponível no site. Usufrua da visualização página-a-página. Consulte o seu JM na internet com o mesmo conforto do formato papel tradicional.