Polícia prende homem que pintava frases da FLAMA na parede da ALRAM (com fotos)

Foi detido há instantes um indivíduo que estava a inscrever a designação FLAMA nas paredes da Assembleia Legislativa da Madeira.

O barulho do spray utilizado alertou o segurança do Parlamento. Apesar de ter tentado fugir numa viatura, conduzida por outro indivíduo, a densidade de polícias no local por causa do concerto que se realiza na Praça do Povo acabou por facilitar a sua detenção.

Pelo menos o autor da mensagem foi algemado e detido, mas também o condutor da viatura foi interpelado pelos agentes da autoridade e obrigado a medir os níveis de álcool.

Recorde-se que o JM já tinha dado conta de que ao final da tarde um dos muros da ribeira de Santa Luzia, na rua 31 de janeiro, também já tinha surgido com mensagens a evocar a luta separatista defendida pela Frente de Libertação do Arquipélago da Madeira – FLAMA.

A FLAMA tinha como principal objetivo a separação da Madeira em relação ao restante território.