Balcão do Santander no Caniçal fecha a 21 de maio

David Spranger

É mais uma medida na reformulação que vai sendo feita pela instituição bancária: o balcão do Santander no Caniçal fecha a 21 de maio.

Em sequência, os funcionários estão a ser alocados a outros balcões, sendo que a possibilidade de Santana está a ser colocada. Em alternativa, poderão ser negociadas propostas de ‘reformas antecipadas’, que vão sendo analisadas.

Com o fecho do balcão de Caniçal, os balcões de Santana e Machico são os balcões que ficam mais perto, mas este último tem os seus quadros perfeitamente preenchidos e não está entre as alternativas propostas.

Recorde-se que no âmbito da reestruturação em curso, a entidade bancária vai extinguindo, paulatinamente, as denominadas ‘caixas’ nos seus balcões, passando os gestores de contas a acumularem esses serviços, traduzindo-se em menor número de funcionários necessários em cada balcão.