JM-Edição Impressa: Escolas podem escolher professores Desporto: Surpreender em Belém

Escolas podem escolher professores é a manchete desta edição de sábado, 12 de agosto. Na página 5, saiba que esta é uma inovação que avança este ano escolar. Cada estabelecimento de ensino vai poder escolher até 15% dos seus docentes, consoante as necessidades dos diferentes projetos educativos. As colocações dos professores serão conhecidasn a 31 de agosto.

Obra retomada cinco ano depois é outro dos destaques da edição deste sábado. O Centro de Apoio à Deficiência Motora, no Funchal, está finalmente em obras, depois da interrupção decidida em 2012. A infraestrutura, que custa mais de oito milhões de euros, estará concluída no próximo ano. Nessa altura, terá um novo nome e várias valências, um assunto para ler na página 4.

Saiba também que os desempregados estão a rejeitar formação. Empresas ciriticam falta de interesse e desistências e Instituto de Emprego declina responsabilidades. Estradas e Turismo merecem críticas em Santa Cruz. Já no Seixal, o arraial está em risco devido a dificuldades financeiras. PS chama secretário para falar do vento é ainda outro dos assuntos que realçamos.

Um jornal, duas capas. No desporto, o destaque vai para o Marítimo, que regressa hoje a um estádio onde nem sempre foi feliz. Apesar do histórico desfavorável, Daniel Ramos espera um resultado positivo. Depois, pensará em Kiev. Leia mais nas páginas 30 e 31.

Realçamos também a equipa de Jorge Jesus, que vendeu ontem o Vitória de Setúbal; a liga inglesa, que arrancou ontem; e o padel verde-rubro, que quer mais títulos.

Isto e muito mais para ler nesta nossa edição de sábado.

JM