ACIF quer obrigar Grupo Sousa a compensar problemas aéreos

A ACIF propõe a revisão do contrato de concessão da linha marítima entre a Madeira e o Porto Santo de forma a prever a “obrigação da concessionária efetuar as viagens necessárias” para operacionalizar um plano de contingência em situações de inoperacionalidade do aeroporto e pede a substituição do navio por um mais rápido. Ao JM, Veiga França defende ainda que o GR adquira um avião ou participe no capital social de companhias aéreas.

Esta é a notícia que faz a manchete de hoje do seu JM, numa edição que destaca ainda outros temas de relevo, tais como coligação PSD-CDS no Funchal avalia integração do PAN; Governo investe 3,2 milhões para recuperar cais do Seixal e Boaventura; Europa aprova apoio de 35 milhões para as empresas dos Açores.

Saiba ainda que a Madeira recorre da condenação de pagar 5% de IRS aos municípios. Pedro Calado concorda com a transferência das verbas para as autarquias, mas considera que essa é uma competência do Estado.

Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, aplaude valorização dos enfermeiros e testagem no aeroporto.

Nesta edição, leia ainda que a AstraZeneca vai continuar a ser administrada na Região.

Faleceu Jorge Coelho, “homem de causas”. Antigo ministro socialista morreu vítima de doença súbita. Deputado Carlos Pereira recorda uma figura respeitada por todos.