Nota de Pesar pelo falecimento da jovem institucionalizada na casa de acolhimento de São Filipe

Paulo Graça

O Instituto de Segurança Social da Madeira vem expressar "as mais sentidas condolências" e apoia família da jovem que faleceu no dia de ontem, vítima de uma queda numa instituição de acolhimento no Funchal.

Numa nota enviada às redações, o Instituto de Segurança Social da Madeira "vem expressar as mais sentidas condolências pelo falecimento da jovem acolhida em Casa de Acolhimento, partilhando da dor da família e da comunidade onde estava integrada".

Na mesma comunicação, o Instituto "reconhece a dedicação da Casa de Acolhimento na proteção de crianças e jovens".
Agradece, ainda, a colaboração "dos técnicos da área da saúde, que prontamente se disponibilizaram para apoiar a família e a comunidade de acolhimento, na gestão das emoções que esta perda envolve".

Recorde-se que a rapariga de 13 anos sofreu uma queda grave na noite de terça-feira, quando tentava alegadamente fugir de uma instituição que a acolhe no Funchal, não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer na unidade de cuidados intensivos pediátricos do Hospital Dr. Nélio Mendonça.