Covid-19: Madeira já atingiu nível de risco muito elevado de contágio

Aplicando à Região os critérios adotados pela DGS para classificar o nível de risco dos concelhos, a Madeira já estaria no segundo escalão mais elevado. Analisando os dados dos últimos 14 dias, no arquipélago são já 498 casos por 100 mil habitantes.

Recorde-se que, de acordo com os critérios adotados pela DGS e pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDS em inglês), os concelhos são classificados em quatro níveis: risco moderado (menos de 240 casos por 100 mil habitantes nos 14 dias anteriores); elevado (240 a 480); muito elevado (480 a 960) e extremo (960 ou mais casos).

Seguindo esta escala usada no continente, a Região teria já quatro concelhos igualmente com risco muito elevado de transmissão: Porto Santo (923 por 100 mil habitantes), Câmara de Lobos (823), Santa Cruz (515) e Funchal (485).

Já no nível de risco elevado, a Madeira passa a ter três municípios: Porto Moniz (470), Ribeira Brava (418) e Machico (395).

No escalão mais baixo, o de risco moderado, estariam os concelhos de Santana (179), Ponta do Sol (116), Calheta (92) e São Vicente (78).

Leia a análise aos números da pandemia na Região na página 4 da edição impressa do JM.