Matança do porco já vai em cerca de 30 casos positivos

Miguel Silva

Sabe o JM que as autoridades de saúde já têm mais resultados depois do convívio que aconteceu no sítio das Covas, em São João, zona alta da Ribeira Brava.

Ontem eram sete os casos indicados, hoje serão já cerca de 30 os resultados dos testes que deram positivo para infeção pelo novo coronavírus. Em comum, o facto de se tratarem de testes realizados a partir de contactos entre pessoas que participaram na matança de um porco na zona alta da Ribeira Brava, no sítio das Covas, em São João.

Conforme já ontem deu conta o JM na edição online, o convívio para a morte do porco incluiu a presença de emigrantes que regressaram do Reino Unido e que não terão cumprido as normas de isolamento e outras recomendações das autoridades de saúde.

Também como já ontem foi adiantado pelo Jornal, depois de terem tomado conhecimento deste caso, agentes da autoridade terão já identificado os cidadãos em causa.

Ao final do dia de ontem, no habitual relatório da Direção Regional de Saúde, foram considerados apenas mais cinco novos casos no concelho da Ribeira Brava, mas ficou implícito que outros cidadãos ainda aguardavam resultados.

Já hoje, o Jornal sabe que estão identificados cerca de 30 casos positivos aparentemente relacionados com o convívio para a morte do porco.

Este convívio natalício contra as regras estipuladas tem gerado fortes críticas e alguma apreensão.