PPM apela à autarquia e ao Governo para arranjarem uma solução para os sem-abrigo no Funchal

A coordenação do PPM Madeira andou hoje nas ruas do Funchal e afirma ter constatado um aumento exponencial de pessoas em situação de sem-abrigo a "mendigar" pelas ruas.

“As pessoas estão assustadas com muitas abordagens que estes fazem a pedir (muitas vezes sob coação), esmola, que dizem ser para comer mas, todos sabem que é para produtos estupefacientes que nem sequer se preocupam a esconder preparando a sua dose diária em plena rua, mesmo em frente de quem passa, sejam jovens de escolas ou adultos”, indica o PPM Madeira numa nota enviada às redações.

O PPM Madeira lembra ainda que já por diversas vezes abordou o tema “que urge resolver pelas entidades competentes” e lança o apelo para que Autarquia e Governo Regional “esqueçam as suas cores políticas e deixem de andar no jogo do empurra e que em conjunto arranjarem uma solução para estas pessoas, para que está problemática seja resolvida de uma vez por todas”, remata.