Proprietário de estabelecimento detido pela Polícia devido a desobediência

Redação

A Polícia acaba de informar que realizou a detenção de um proprietário de estabelecimento por desobediência às regras da prevenção da pandemia. Depois do fecho, alegadamente, nove pessoas estavam no seu interior, os quais "consumiam produtos, entre os quais bebidas alcoólicas, fornecidas pelo espaço."

A operação ocorreu no concelho de Santa Cruz, onde a PSP procedeu à detenção de "um homem com 60 anos, pelo crime de desobediência às regras em vigor no Estado de Emergência e em consonância com as normas emanadas pela Presidência do Governo Regional da Madeira relativamente aos horários dos estabelecimentos", acrescenta a mesma nota.

O gerente encontrava-se também no interior do estabelecimento, tendo o mesmo sido detido e, após todas as diligências processuais, foi presente a Tribunal, tendo sido constituído arguido e sujeito a Termo de Identidade e Residência.

Após, o gerente "do estabelecimento ter sido notificado no dia 11 de novembro, pelas 21H30 que teria que encerrar o espaço às 00H00, conforme consta na Resolução n.º 839 da Presidência do Governo Regional da Madeira, pelas 01H44 foi "o estabelecimento fiscalizado a laborar com nove pessoas no seu interior, os quais consumiam produtos, entre os quais bebidas alcoólicas, fornecidas pelo espaço."