Covid-19 já atingiu 12 escolas da Região

Entre casos confirmados e confinamentos profiláticos por suspeita de contacto com pessoas infetadas, a covid-19 já atingiu um total de 12 escolas na Região.

Destas, apenas 10 ativaram o respetivo plano de contingência.

A situação mais recente prende-se com um aluno da Escola Dr. Horácio Bento de Gouveia que está em casa a cumprir isolamento, depois de um familiar ter estado em contacto com um caso confirmado de covid-19.

No entanto, conforme revelou a Direção do Conselho Executivo ao JM, o aluno não tem ido às aulas nos últimos dias, pelo que não houve necessidade de ativar o plano de contingência ou colocar mais alunos em isolamento, uma vez que não houve contacto com mais nenhum colega, professor ou funcionário.

No dia 4 de novembro, os encarregados de educação de uma aluna da Francisco Franco testaram positivo. A aluna que estava em observação testou positivo e a sua turma já não esteve em aulas presenciais esta quarta-feira e ficará sujeita, nos próximos 14 dias, a regime não presencial de aulas e às indicações das autoridades de saúde. Na mesma condição encontram-se cinco docentes da turma, de acordo com a atualização feita pela Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia no sítio oficial do Governo Regional.

Na EB23 do Caniço, um familiar próximo de um aluno testou positivo, mas o aluno teve resultado negativo. O estudante não frequenta a escola desde quinta-feira (29/10/2020) e a turma prossegue a atividade letiva normalmente.

Na Escola Secundária Jaime Moniz, um encarregado de educação testou positivo e o seu educando não frequentou a escola esta terça-feira, bem como um colega com quem manteve um contacto mais próximo. Na sequência, 23 alunos da turma aguardam evolução da situação em confinamento, segundo a tutela.

Estes são apenas os casos mais recentes. Outras escolas como o Colégio Apresentação de Maria; a EB23 do Estreito de Câmara de Lobos, o Colégio dos Salesianos, o Colégio de Santa Teresinha, a EBS Gonçalves Zarco, a Escola Profissional Francisco Fernandes, a EBS Ângelo Augusto da Silva e a Bartolomeu Perestrelo foram também afetadas.