Santa Cruz acusa PSD de praticar “política de desonestidade”

Redação

Em comunicado, a Câmara Municipal de Santa Cruz acusa o PSD de utilizar “uma política de desonestidade”.

“O PSD foi hoje para os Reis Magos exercer aquilo que sabe fazer melhor: uma política de má fé, de desonestidade e de mentira.

Aproveitando, de forma vil, uma avaria, que os próprios serviços do Governo Regional admitiram ocorrer em outros locais, o PSD, desesperado e já em campanha eleitoral, acusa a Câmara de Santa Cruz de desrespeitar o ambiente.

E a má fé desta afirmação é tão mais relevante quando se acabou precisamente de investir numa estação elevatória naquele local, pondo termo a anos de desinvestimento e de desprezo pelo ambiente por parte dos que agora nos acusam do pecado que cometeram durante décadas neste concelho.

À boa maneira soviética, o PSD quer reescrever a história e ignorar o presente, num concelho onde nunca se investiu tanto em ambiente ao nível do saneamento, da recuperação das redes de água, da eficiência energética e da recolha seletiva de resíduos, num investimento que já soma os cinco milhões de euros.

Números e obras que o PSD finge ignorar ou ignora mesmo, indo de fatinho para a praia semear mentiras e exercer a mais vil desonestidade política. O povo julgará quem assim atua”, conforme se pode ler.