Congresso do PSD-M adiado - anúncio será feito na terça-feira

Alberto Pita

O presidente do PSD-M, que hoje deverá ser reeleito para um novo mandato, disse que na terça-feira será anunciado oficialmente se o congresso do partido será adiado ou não.

Hoje, após ter votado nas eleições internas na sede do PSD em São Martinho, Miguel Albuquerque só não anunciou oficialmente o adiamento, porque ainda não se reuniu com os seus “companheiros”.

“Mas o partido aqui na Madeira tem responsabilidades de poder, tem de dar o exemplo de postura cívica perante os seus cidadãos. Não faz sentido fazermos uma reunião violando as regras do Instituto de Administração da Saúde e solicitarmos, ao mesmo tempo, enquanto partido de governo, que os nossos concidadãos cumpram essas regras”, disse.

Portanto, “temos de dar o exemplo”, concluiu.

“Acho que vamos adiar o congresso e realizar o Conselho Regional, nos termos estatutários. Depois, vou eu próprio e o Secretariado fazermos uma ronda pelos concelhos e freguesias, contactando diretamente os militantes”, anunciou.

Consonante a evolução da pandemia, o congresso será marcado, mas “sempre dentro daqueles parâmetros definidos pelos organismos que regulam a segurança sanitária”, esclareceu.

O congresso dos social-democratas está agendado para os dias 21 e 22 de novembro, no Madeira Tecnopolo.