Cidadã italiana em confinamento, diz Embaixada

Paulo Graça

A embaixada de Itália confirmou ao JM que a cidadã está “em confinamento numa estrutura indicada” pelas autoridades de saúde regionais.

A Embaixada revela, ainda, que “teve conhecimento da situação" e que a mesma, segundo os registos da embaixada italiana em Lisboa, de momento "já se encontra resolvida”. Sobre a atuação das autoridades regionais de saúde e do hotel, a embaixada não tece qualquer comentário, acreditando que tudo foi feito em defesa da saúde pública. Contudo, vai continuar a acompanhar a situação da cidadã em território madeirense. O embaixador, Carlo Formosa, que assumiu funções em janeiro de 2020, também está a acompanhar a cidadã “em questão, que se encontra em confinamento numa estrutura indicada pelas autoridades de saúde locais”, revelou, ainda, a embaixada em resposta ao nosso Jornal.

Recorde-se que a notícia, avançada pelo JM, dava conta que a cidadã estrangeira decidiu fugir mesmo após ter sido avisada que teria de esperar pelo resultado do teste, ontem realizado à chegada ao Aeroporto.

A turista já realizou um novo teste rápido no Hospital Dr. Nélio Mendonça, de forma a perceber se está ou não infetada com o vírus. As autoridades de saúde regionais tentam perceber rapidamente se há a necessidade de realizar uma investigação em torno dos contactos efetuadas pela turista durante o passeio que realizou pela cidade. Até, está confinada e fortemente vigiada pelas autoridades regionais de saúde.