Cidadão recebe teste positivo à covid-19 já no tribunal do Funchal

António Lopes, acionista do União SAD, viajou para a Madeira no domingo e só 24 horas depois é que recebeu o contacto do IASAÚDE a informar que o teste realizado no aeroporto tinha sido positivo, quando estava já no Tribunal do Comércio do Funchal para uma audiência. Este é o assunto que faz a manchete na edição impressa desta sexta-feira do JM.

Apesar do atraso na informação, António Lopes elogiou a operação de controlo.

A capa do JM volta a dar destaque à megaoperação que deixou dois em prisão preventiva e ‘apanhou’ um agente da polícia. Mais de 20 pessoas foram identificadas na investigação a uma rede de tráfico de droga, mas só duas ficaram em prisão preventiva e três com termo de identidade e residência, nomeadamente um agente da PSP.

Em Economia, saiba que a Madeira define novo rumo para o mar. Políticos, técnicos e investigadores vão contribuir para definir a melhor estratégia para a economia azul na Região, num evento que se realiza em novembro. 2021 trará também ao Funchal a Conferência Europeia de Aquacultura.

Na página 3, leia que a Misericórdia da Calheta arrecada mais de 1,7 milhões até final do ano. Na pagina 5, a antecipar o congresso de 21 e 22 de novembro, saiba que o PSD elimina pagamento de quotas em dinheiro.

Leia ainda sobre a troca de acusações que 'incendiou' o Parlamento, e saiba que a Agricultura e as Pescas estarão em debate segunda-feira em Câmara de Lobos, para mais uma edição das Jornadas Madeira 2020.

Tudo isto e muito mais na edição impressa do seu JM, já disponível nas bancas e na plataforma online.