Governo pede cautela nas viagens ao continente para deixar os filhos na universidade

Carla Ribeiro

O fim de semana prolongado que se avizinha é crítico tendo em conta a circunstância de muitos pais, também docentes, acompanharem os seus filhos ao continente para os deixarem na universidade. O Governo está preocupado com esse período e pediu muita cautela.

Miguel Albuquerque que falava há momentos à margem de uma visita que ainda realiza à Escola de 1º, 2º e 3º ciclos do Porto da Cruz avisou ainda: não vai haver medidas de relaxamento nos lares.

O governante apelou à compreensão de todos aqueles que têm familiares institucionalizados, mas garantiu que esta decisão é para o bem de todos. Conforme o JM noticiou no final de agosto, estava prevista uma reunião no inicio de setembro para aligeirar as medidas que estão a ser aplicadas nos lares da Madeira. Mas perante a segunda vaga que a Europa está a viver, Albuquerque acha bem manter tudo como está.