Câmara do Funchal contrai empréstimo de cinco milhões para combater efeitos da pandemia

Na sequência da reunião de Câmara de hoje, que teve lugar no Centro Paroquial de Santa Quitéria, em Santo António, Miguel Silva Gouveia anunciou que a Câmara Municipal do Funchal contraiu um empréstimo de cinco milhões de euros para "aplicar no combate aos efeitos da pandemia de covid-19".

"Metade será aplicada em apoios às áreas sociais, educativas e culturais e a outra metade será aplicada à economia local e ao comércio municipal", garantiu o autarca.

"A Câmara procura, de uma forma preventiva, e percebendo que muitas famílias podem, a breve prazo, estar em condições socioeconómicas piores do que aquelas em que se encontram hoje em dia, estamos a criar aqui uma rede que permitirá reforçar o apoio social que damos às famílias, porque muito provavelmente o universo de beneficiários irá aumentar", referiu Miguel Silva Gouveia.