Quarenta e cinco empresas deixaram salários por pagar

Redação

A manchete da edição de hoje do JM dá conta de que quase 50 das 103 empresas da Madeira ouvidas pela associação nacional de hotelaria admitiram que faltou dinheiro para os ordenados de junho. E mais de metade dos estabelecimentos analisa possível insolvência.

Destaque nesta edição também para o segundo semestre que fechou com mais 1.000 desempregados. Entre março e junho foram para o desemprego um milhar de trabalhadores madeirenses. Dados divulgados pela Direção Regional de Estatística mostram que há na Madeira 8,6 mil cidadãos sem trabalho.

Noutros temas que merecem chamada de primeira página, Marcelo já soma o dobro das visitas de Cavaco, e só as câmaras do PSD e independentes dão tolerância de ponto.

Saiba ainda que já está confirmado o calendário escolar e que a autarquia de Santa Cruz adquirir mais nove viaturas para recolha de lixo. No resto do Mundo, a devastação de Beirute abafa a covid-19.

Leia mais sobre estes e outros assuntos, na edição desta quinta-feira do seu JM.