Máscaras: Agência turística madeirense alerta para cancelamentos de reservas

A agência turística Freeride Madeira, que organiza o ‘Trans Madeira’, alertou esta manhã o JM, através de uma nota, para uma situação que tem verificado em relação à “não clara e mal comunicada” obrigatoriedade da utilização da máscara em espaços públicos abertos junto dos seus mercados emissores.

“Além dos cancelamentos que são fáceis de quantificar, existem outros que já não tão fáceis, que se tratam daqueles que ponderavam em vir e que dada esta medida já retiraram a Madeira da equação das suas próximas férias”, refere a FreerideMadeira na referida nota.

A empresa madeirense deixa ainda uma sugestão: “Se existem dúvidas por parte do Sr. presidente do Governo Regional de quais os impactos desta medida nos cancelamentos reais ou na não efetivação de reservas, sugiro que façam um exercício de auscultação das empresas de animação turística, hotéis e alojamentos locais e que façam chegar esse relatório ao mesmo”, remata.

Recorde-se que o uso obrigatório de máscara em todos os espaços públicos na Madeira entrou em vigor às 00:00 horas de hoje, coincidindo com o início da prorrogação da situação de calamidade no arquipélago, até 31 de agosto.