MADEIRA Meteorologia

MPT considera que é necessário desonerar as famílias face ao aumento do custo de vida

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
02 Abril 2022
12:50

"Observa-se uma escalada de preços em bens essenciais, tais como como alimentação, combustíveis e alojamento. Uma vez que a opção de aumento de salários não está em cima da mesa, o MPT considera que é necessário desonerar as famílias", informam em nota enviada às redações.

Assim, para além de defender transportes públicos gratuitos e carreiras que satisfaçam as necessidades dos utentes, o MPT defende que devem ser dadas refeições gratuitas (pequeno almoço, almoço, lanche e jantar) aos estudantes nas escolas e universidade (que são cerca de 41 mil). Eventualmente, consideram, se a situação se agravar, os serviços prestados por estas cantinas públicas poderá ser estendido a toda a população.

"Considerando a taxa de população em risco de pobreza, e os dias úteis, o MPT estima que o custo desta medida seria inferior a duas estradas das ginjas por ano, ou a um teleférico no curral das freiras por ano ou ao custo dos tachos do Governo Regional da Madeira. No limite, se esta ajuda fosse dada aos 250 000 habitantes da RAM, o custo seria inferior a 10% do Orçamento do Governo Regional", sustentam.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vence o Campeonato Europeu de Futebol?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas