MADEIRA Meteorologia

Candidatura do CDS representa "a humildade de um partido", diz Gabriel Neto

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
02 Setembro 2021
21:12

O candidato do CDS à Câmara Municipal da Calheta discursava, ao final da tarde, para cerca de 90 militantes e simpatizantes do CDS, que compareceram ao lançamento da sua candidatura no miradouro do Massapez, freguesia da Fajã da Ovelha.

Gabriel Neto, que começou por dizer que liderar esta candidatura constitui "um desafio pessoal, do partido e dos militantes do CDS na Calheta".

Um desafio que, segundo o cabeça-de-lista, aceitou com "orgulho" e com "o propósito de fazer mais e melhor pela Calheta".

"Estar ao lado das populações, ao lado das freguesias e do lado do povo", é objetivo do candidato centrista que promete governar nos próximos 4 anos "com a humildade de um partido feito de pessoas que gostam das suas freguesias".

"Já estou na política há vários anos, mas não fiz carreira na política. Faço política para servir e para estar ao lado do povo", atirou, acrescentando, "queira o povo da Calheta nos eleger e nos levar ao patamar máximo que é a governação".

De acordo com o Gabriel Neto, o maior desafio deste concelho, constituído por 8 freguesias, é explorar as diferentes potencialidades de cada uma delas, para tornar a Calheta num concelho "próspero e bom para quem vive".

Gabriel Neto é o "autarca mais puro e genuíno do CDS"

O líder do CDS, Rui Barreto, também presente na apresentação, começou por salientar o "trabalhador, pessoa dedicada, próxima dos seus e sempre disponível para ajudar e fazer política de forma altruísta" em prol das populações da Calheta "que tão bem defende", afirmou.

"É um guerreiro e é também um brigão que coloca e colocará sempre a Calheta em primeiro lugar", garantiu Barreto.

"O povo da Calheta conhece o trabalho do CDS desde a fundação da democracia. Somos bairristas, somos regionalistas e defendemos a nossa agricultura", afiançou.

Barreto usou o exemplo de Santana, município governado pelo CDS desde 2013, que segundo o líder do CDS serve de modelo para os outros concelhos.

É este o exemplo que, de acordo com Rui Barreto, será seguido pela candidatura liderada por Gabriel Neto.

O CDS tem uma forte representação autárquica na Calheta, com a liderança nas Juntas da Fajã da Ovelha, Ponta do Pargo e Paul do Mar, um vereador e uma equipa de autarcas nas assembleias municipal e de freguesia. O partido apresenta-se, às próximas eleições, sozinho, concorrendo a todos os órgãos municipais.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar o Europeu?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas