MADEIRA Meteorologia

Albuquerque diz que conclusão da via rápida é investimento primordial no Norte

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
25 Agosto 2022
12:11

Miguel Albuquerque fechou os discursos na sessão solene dos 278 anos do concelho de São Vicente.

Começou por lembrar que "a crise sanitária de 20/21 foi a maior crise da história da Madeira e aquela que impacto teve", lembrando, a título de exemplo que a crise económica de 2010 fez recuar o PIB em 4 a 5 por cento e que a "pandémica fez-nos recuar a 9 por cento". Assim sendo, "só com muito esforço, dedicação e apoio do nosso governo é possível que hoje tenhamos indicadores, em quase todas as áreas, superiores aos valores de 2019, antes da pandemia", conforme constatou Albuquerque.

Seguem-se "importantes desafios, nomeadamente a nível energético" mas o presidente do Governo Regionsl está convicto de que "com estabilidade e confiança" serão ultrapassados. Nos investimentos no concelho, considera primordial "a conclusão da via rápida, num investimento de 34 milhões de euros". Lembrou ainda a construção da Escola Agrícola da Madeira e ainda a requalificação de estradas inter freguesias, incluindo o túnel Duarte Pacheco, em mais quatro milhões de euros. Albuquerque lanentou os reversos trazidos pelas intempéries de 25 de dezembro no concelho, falando num investimento de mobilização de recursos adicionais, nestas reparações, superiores em 30 milhões de euros.

"Temos que concluir estas obras mas também lançar um conjunto de muitas outras", lembrando a "construção de 18 habitações a custos controlados, para colocar no mercado". Esse "modelo será replicado em todos os concelhos" e no norte esse trabalho está tambem sendo feito, "enquanto no Porto Moniz procuramos o terreno". Albuquerque elogiou ainda a política fiscal diferenciadora para os concelhos do norte e Porto Santo, ao nível do IRS. Garantiu ainda o apoio do governo na requalificação da frente mar, tal como reiterou que o projeto das Ginjas não um projeto novo mas sim a reabilitação de um caminho já existente, dotando de outra segurança e acessibilidade. "Vai haver sempre quem diga mal, mas não tem nada a ver com ambiente e sim política", disse, garantindo a Aires dos Santos, que "a requalificaçâo do parque escolar será uma realidade" da mesma forma que espera concluir enquanto presidente do Governo Regional o completo fecho da via-expresso em redor da ilha, estabelecendo inclusive calendarização para tal. A Garcês disse que a ligação ao parque empresarial, será alvo do próximo quadro comunitário".

David Spranger

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas