Justin Bieber acusado de violar duas mulheres

O artista Justin Bieber enfrenta uma dupla acusação de violação, feita por duas mulheres nas redes sociais.

A primeira a tornar o caso público foi Danielle, que referiu que o crime aconteceu em Texas. "As minhas amigas e eu estávamos a divertir-nos", contou, "até que um homem se aproximou de nós e nos perguntou se gostávamos de conhecer o Justin. Claro que dissemos que sim. Ele veio ter connosco, tirámos algumas fotos e falámos durante 20 minutos".

Danielle alega que Bieber levou-a depois para o seu quarto de hotel. “Levou-me para um dos quartos e pediu-me para não dizer nada a ninguém, ou estaria em sérios apuros legais. E depois pediu-me para entrar na cama com ele. Ele empurrou-me para a cama, puxou-me as cuecas e entrou à força. Fiquei sem fala, sentia-me inconsciente. Fui abusada sexualmente".

Justin Bieber nega tudo. “Não há verdade alguma nesta história. Nunca estive naquele local", afirmou, partilhando recibos dos locais onde permaneceu na altura.

"Todas as acusações de abuso sexual devem ser levadas muito a sério e é por isso que a minha resposta era necessária. Contudo, esta história não se baseia em factos. Vou trabalhar com o Twitter e as autoridades e tomar as medidas necessárias".

A outra acusação, de uma mulher de nome Kadi, acusa Bieber de violação a 5 de maio de 2015, no hotel Langham, em Nova Iorque. O artista não respondeu a estas novas acusações.