Infeção pulmonar obrigou ator António Cordeiro a realizar sete testes à covid-19

O ator António Cordeiro, que surgiu bastante debilitado e magro nas fotografias tiradas no dia do seu 61º aniversário, no dia 18 de maio, teve de realizar sete testes à covid-19 quando apanhou uma infeção pulmonar há dois meses.

O ator sofre com paralisia supranuclear progressiva, que se deve a uma infecção pulmonar, que sofreu há dois meses, que o obrigou a ficar internado um mês e meio no Hospital Santa Maria, em Lisboa, sendo a esta patologia que se deve a sua imagem debilitada. Nessa altura, teve de fazer sete testes à covid-19, mas todos deram negativo, conforme avança hoje o Correio da Manhã.

Orlando Henrique, responsável pelas iniciativas solidárias promovidas para ajudar o artista, contou ao CM que a equipa médica chegou a suspeitar que António Cordeiro tivesse contraído o novo coronavírus. "Fez sete testes à Covid-19, mas deu tudo negativo. Assustou-o um bocado", disse.

Estando já fora de perigo após o longo internamento hospitalar, Cordeiro regressou à Casa do Artista, onde continua a receber apoio devido ao seu estado debilitado, que o impossibilita até de falar. Contudo, ao contrário do que a equipa clínica esperava, Cordeiro encontra-se estável. "A doença não agravou", revelou Orlando Henriques à mesma fonte.