Irina Shayk vive meses de inferno

Separada de Bradley Cooper, desde junho de 2019, os últimos meses da modelo foram penosos, mas parece ter decidido perdoar o facto do ator lhe ter deixado, numa altura em que esperava um pedido de casamento.

De acordo com a revista ‘In Touch’, apesar do sentimento de ‘traição’ que a assombra, a russa mantém agora uma relação “amigável” com a estrela de Hollywood. "A Irina não superou o facto de o Bradley a ter deixado. Ela tinha esperança no noivado, no casamento e na possibilidade de terem outro filho", começou por dizer uma fonte à referida revista.

"Houve alturas que a Irina nem sequer queria vê-lo e pediu a ajuda de um intermediário para lidar com as questões da filha. (…) Precisou de meses para perceber que era melhor lidar com o Bradley diretamente, e serem amigos, do que estarem em guerra constante", concluiu.

O ex-casal tem uma filha em comum, Lea de Seine, de três anos.