Pessoas: Recuperação de Ângelo Rodrigues não está a correr como o esperado

Um mês depois de ter tido alta hospitalar, Ângelo Rodrigues começa a mostrar-se desanimado face às notícias que tem recebido na clínica de fisioterapia onde está a ser acompanhado, avança o Correio da Manhã.

Após um mês de tratamentos diários intensivos, ainda mal se notam os sinais de recuperação, que vai ser mais lenta do que estava previsto inicialmente.

"A recuperação corre mesmo muito lentamente. Há ali trabalho para muito tempo e é claro que o que o Ângelo mais queria era ficar bom depressa", revela uma fonte, citada pelo CM, adiantando que, durante mais de um ano, o ator vai ter de se dedicar inteiramente aos tratamentos.

Isto porque durante o tempo em que esteve internado – por complicações decorrentes de uma injeção de testosterona, o ator de 32 anos foi submetido a várias cirurgias para remover necroses (tecidos mortos), o que resultou na perda de tecidos e músculos importantes.

Agora, o artista terá de reaprender a andar com a perna esquerda. Perante o cenário complicado, o ator já admitiu, nas redes sociais, que ainda se está a "tentar encaixar" na nova realidade.

Reality show é o próximo passo
Desde que teve alta, Ângelo tem andado sempre com uma câmara para filmar o processo de recuperação. As imagens vão fazer parte de um reality show em que o ator vai explicar tudo aquilo por que passou.

Ordenado da SIC
Para fazer o reality show em que vai mostrar o seu processo de recuperação, Ângelo Rodrigues recebe um incentivo mensal da SIC. O ator vai também participar em breve no telefilme de ‘Golpe de Sorte’, da SIC.