Pessoas: Teresa Guilherme em batalha judicial contra o BES para reaver 2,35 milhões de euros

A batalha judicial interposta por Teresa Guilherme contra o banqueiro Ricardo Salgado, antigo presidente do Banco Espírito Santo (BES), teve início ontem, avança a revista VIP.

A ex-apresentadora perdeu 2,35 milhões de euros, investidos em papel comercial daquele banco, e espera agora recuperar parte desse valor, das "poupanças de uma vida de trabalho."

O processo, que além do banqueiro visa ainda o Novo Banco, o Haitong Bank, e a GNB - Sociedade Gestora de Fundos de Investimento, chega ao Tribunal Cível de Lisboa depois de, em junho do ano passado, ter perdido em primeira instância.

"Os réus praticaram factos que configuram o crime de burla qualificada", disse Teresa Guilherme na ação cível, acrescentando que os mesmos são responsáveis por "um enriquecimento ilegítimo através de um esquema fraudulento de financiamento [do Grupo Espírito Santo]", de acordo com a mesma fonte, que cita o jornal Público.

A mesma publicação garante que a também produtora televisiva "espera justiça". "Estas coisas demoram tanto que às vezes sentimo-nos cansados. Pensei várias vezes em desistir do processo, mas não me sentiria bem comigo própria. É uma questão de princípio. São poupanças de uma vida inteira de trabalho", sublinhou.

"Quando entregamos uma coisa nossa devemos perceber bem o que vão fazer com ela", afirmou ainda.