"Passou a ser a nossa missão: honrar a memória da Sara", diz Tony Carreira

Neste domingo, após o lançamento da Associação Sara Carreira, Tony Carreira e a ex-mulher, Fernanda Antunes, deram a primeira entrevista em conjunto desde a morte da filha mais nova, em dezembro.

Tony e Fernanda falaram ao Jornal da Noite, da SIC, para explicar o projeto solidário com o qual quiseram homenagear Sara Carreira.

"A Sara sempre foi aquela que teve o maior coração de todos nós", começa por dizer Tony, explicando que foi precisamente para perpetuar a generosidade da sua menina que o projeto foi criado.

De acordo com o Notícias ao Minuto, a Associação Sara Carreira vai em 2021 ajudar a desenvolver o talento e o sonho de 21 crianças desfavorecidas, entre os 12 e os 21 anos. O limite de idade foi escolhido por ser precisamente a idade em que Sara morreu, explicou a mãe da jovem cantora, citada pela mesma fonte.

"Passou a ser a nossa missão, a minha, a da Fernanda e a dos miúdos [Mickael e David]: honrar a memória da Sara e, simplesmente, que as pessoas a recordem como ela era, uma pessoa de uma bondade extrema", acrescentou Tony.

Já Fernanda Antunes afirmou que "a associação nasce para ela poder continuar a estar presente, para sempre". "Cabe-me a mim tentar ser, um bocadinho, no meio destes miúdos... tentar fazer o legado da minha filha. porque eu tenho a certeza que ela o iria fazer com os anos", assegura.

Na entrevista à SIC, Tony Carreira quis ainda deixar uma palavra de agradecimento a todas as figuras públicas, mecenas e amigos pessoais que ajudaram a família a concretizar esta ideia.

"Não tínhamos conseguido fazer esta caminhada sem eles, principalmente num momento em que estamos completamente de rastos", disse, emocionado. "Desde já aproveito para agradecer a toda a gente neste momento tão difícil, a todos os portugueses, todos", concluiu.