Príncipe Carlos homenageou o pai: "Foi uma figura muito amada"

O Príncipe Carlos quebrou hoje o silêncio em relação à morte do seu pai, o Príncipe Filipe, através de um comunicado divulgado aos jornalistas, no qual prestou homenagem ao progenitor.

“Gostaria de dizer que meu pai, durante os últimos 70 anos, prestou o serviço mais marcante e devoto à rainha, à minha família e ao país. E também para a Commonwealth. Como devem imaginar, eu e minha família sentimos muita falta do meu pai. Ele foi uma figura muito amada e apreciada”, disse.

“Além de tudo o que poderíamos imaginar, estamos muito tocados pelo número de outras pessoas aqui, e em outros lugares do mundo, na Commonwealth, que partilham da nossa dor e da nossa perda”, acrescentou, garantindo que o pai iria gostar das “reações e palavras” ditas após a sua morte.

“Acho que acima de tudo, sentir-se-ia maravilhado pelas reações e palavras emocionantes ditas sobre ele. Neste ponto de vista, eu e minha família estamos muito agradecidos. Isto vai sustentar-nos nesta particular perda e durante este período triste”, concluiu.

Recorde-se que o marido da rainha Isabel II de Inglaterra faleceu pacificamente na passada sexta-feira, no Castelo de Windsor, aos 99 anos.