Dolores foi a primeira a saber que Ronaldo testou positivo para a covid-19

A mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro, foi a primeira pessoa a ser informada pela Federação Portuguesa de Futebol do teste positivo do filho à covid-19.

A informação é avançada pelo Correio da Manhã.

Recorde-se que Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da Seleção Nacional após teste positivo para covid-19, pelo que não defrontará a Suécia.

"O internacional português está bem, sem sintomas, e em isolamento", referiu esta tarde a Federação Portuguesa de Futebol em comunicado publicado no site oficial.