Madeirense é diretor da Faculdade de Artes e Humanidades em Macau

Miguel Silva

O professor universitário Carlos Sena Caires foi nomeado hoje diretor da nova Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade de São José, em Macau.

Carlos Sena Caires é natural de São Jorge, concelho de Santana. Estudou em Santana e no Funchal, nomeadamente na Escola Secundária Francisco Franco e no Instituto Superior de Arte e Design da Madeira. Mais tarde estudou também na Universidade Católica Portuguesa e na Universite Paris 8.

Profissionalmente, deu os primeiros passos na Madeira, onde chegou a ser diretor de arte do DN-M, nos anos 90, e deixou marca com um estilo mais contemporâneo na apresentação gráfica do jornal. Publicou também alguns trabalhos na área da caricatura.

O desejo de prosseguir uma carreira académica levou-o para o Porto e fez mestrado e doutoramento. Mais tarde acabou por manter uma presença regular nos meios académicos de Macau, nomeadamente com a Universidade de São José, instituição com que colabora desde setembro de 2016.

Carlos Caires visita a Madeira com frequência nos períodos de férias e ainda este ano deu ao JM o seu testemunho, desde Macau, sobre as implicações do novo coronavírus, onde apelou ao uso da máscara de forma permanente, numa altura em que em Portugal ainda se discutia a importância das máscaras.

A nova Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade de São José resulta de uma fusão entre a Faculdade de Indústrias Criativas e a Faculdade de Humanidades.

O novo diretor revela ao JM que, com esta fusão, estão criadas condições para o aproveitamento de sinergias e a criação de massa crítica para garantir maior visibilidade institucional. Acredita também que é reforçada a capacidade docente com reflexos na investigação nestas áreas do saber.

A nomeação de Carlos Sena Caires aconteceu hoje, mas com efeitos desde 29 de junho de 2020.

“Muito feliz por ser nomeado diretor da nova Faculdade de Artes e Humanidades (Universidade de São José, Macau)”, escreveu Carlos Caires há menos de uma hora na sua página pessoal. A notícia tem merecido vários elogios e felicitações.