‘Lugares Azuis’ revela “histórias escondidas” de ilhas e Portugal Continental

Sofia Lacerda

A sede do Clube Naval acolheu, esta tarde, a apresentação do livro ‘Lugares Azuis’, de Miguel Marques, que revela a beleza de lugares que se podem encontrar em todo o Portugal Continental, Madeira e Açores.

Sobre esta obra, o professor e autor de livros e artigos científicos sobre a economia do mar realçou que “Portugal é um país repleto de lugares ribeirinhos, quer na costa, de norte a sul do país, incluindo os lindíssimos arquipélagos dos Açores e da Madeira, quer no seu interior, com grandes rios, lagoas e lagos”.

Dessa forma, explicou que “este livro nasce de um desafio que me foi lançado, de descobrir as histórias escondidas nesses lugares de Portugal marcados pela água doce ou salgada e de as escrever, de forma regular, durante dois anos”.

“Cada texto deste livro tem como centro da ação um lugar, uma localização geográfica, que, no fundo, funciona como uma arena onde acontecem dinâmicas que podem envolver marinheiros, ecossistemas, lideres civis e militares entre outras referências marítimas”, apontou.

“O lugar orienta-nos no espaço, onde acontece a ação que, por vezes, está relacionada com o presente ou com referências de factos da História marítima de Portugal. A História marítima de Portugal é usada como uma orientação na linha do tempo, para enfatizar um relevante acontecimento identitário do lugar azul descrito”, referiu ainda, sobre esta publicação.

A apresentação de ‘Lugares Azuis’ esteve a cargo de Mafalda Freitas e Ara de Oliveira, numa sessão que contou ainda com as intervenções do autor, Miguel Marques, e do editor, Alexandre da Fonseca, das Edições Revista de Marinha.

António Fontes, presidente do Clube Naval do Funchal fez as ‘honras da casa’.