Banda Municipal de Santana já está em Lisboa para o desfile nacional

Cláudia Ornelas

Decorria a hora do almoço quando os 50 elementos da Banda Municipal de Santana, e sete acompanhantes, aterraram no aeroporto da capital portuguesa, antevendo um dia pouco, ou nada, dedicado a passeios turísticos, mas antes aos ensaios da marcha e das posições a serem ocupadas no desfile.

Em causa está o 8.º Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas que sai amanhã às 15 horas para as ruas lisboetas e nele seguirá a primeira banda madeirense a integrar este evento comemorativo do 1.º de Dezembro.

Estipulado foi que amanhã, na chegada à Praça dos Restauradores, se alinhem as bandas e se entoe o discurso ‘engenhado’ pelas entidades organizadoras, inconformes com a eliminação do feriado civil, sendo estas o Movimento 1.º de Dezembro, em articulação com a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural.

A iniciativa vida ainda homenagear e divulgar as bandas filarmónicas, prática musical com mais de 200 anos, contando com a participação de 1.600 músicos e 37 agrupamentos vindos de todo o território nacional.

O certame culmina na Praça dos Restauradores com os participantes a interpretarem em conjunto os hinos da Maria da Fonte, da Restauração e, por fim e a ser tocada pela primeira vez integralmente, ‘A Portuguesa’.