"Vernissage" de homenagem a Salomé Moniz na Marca de Água

Amanhã pelas 18h30 terá lugar uma "vernissage" de homenagem à pintora madeirense Salomé Moniz, autodidata, na qual estarão patentes algumas obras de pintura, resultando numa mostra intitulada de "Da cor à forma".

Salomé Moniz, nasceu em São Vicente em 1928 e veio viver para o Funchal, desde muito cedo. No seio de uma família numerosa teve uma infância repleta de alegrias e brincadeiras mas sempre com uma grande ambição de criar e expandir conhecimentos nas áreas do desenho.

Aventureira e sempre com uma grande vontade de vencer estudou no Funchal onde concluiu o Curso de Desenho Técnico tendo desenvolvido a sua atividade profissional na Câmara Municipal do Funchal, enquanto desenhadora, com uma carreira de largos anos, até ao final da década de oitenta.

Nos tempos vagos interessou-se pela expressão plástica debruçando-se sobre a azulejaria e sobre a modelação tendo frequentado o Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira.

Integrou várias exposições, nomeadamente no Museu Etnográfico da Ribeira Brava, no Núcleo Museológico Universo de Memórias de João Carlos Abreu, na Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, no Centro Cultural de Santana, e no Museu da Eletricidade. Sempre aberta a novas técnicas continua a pintar e criar diariamente sendo esta a sua "porta aberta " aos desafios da idade.

"Os trabalhos de Salomé Moniz, providos de algum lirísmo modernista, entre uma procura pela abstração da forma, tendencialmente geometrizante e alguma figuração naif, tecem narrativas, percursos, talvez identitários, das suas próprias vivências. Autodidata, busca e consegue transpor no seu trabalho, referências às pinturas de alguns autores madeirenses. Talvez memórias ou simples formas metamorfoseadas que ganham cor e acrescentam ao sonho. Da cor à forma é deste modo um exercício de contínua caminhada, descoberta, uma porta aberta, aos sempre novos desafios da idade" refere a galeria na folha de sala, que introduz a mostra.

A mostra que estará patente no logradouro da galeria, resulta de uma intervenção pontual na programação do serviços educativos da galeria, dada a excecionalidade da longevidade da homenageada, ficará patente até sexta-feira