Madeirense Teresa Gonçalves Lobo inaugura exposição em Viena a 14 de novembro

A sua primeira exposição em Viena realizou-se em 2009, o regresso 10 anos depois.

Surge no seguimento de um convite de Arnold Mettnitzer, teólogo, escritor, poeta e psicoterapeuta austríaco para integrar reproduções de desenhos de Teresa no seu mais recente livro, “Der Ermutigte Mensch” (A pessoa encorajada), lançado neste mês de Outubro.

O convite estendeu-se também à realização de uma exposição individual, no coração de Viena, junto à Catedral de St. Estevão, mais concretamente, na Curhaus, na Stephansplatz 3.

Fazem parte da exposição os 16 desenhos reproduzidos no livro entre outras obras de diversas técnicas e dimensões.

O catálogo da exposição, além das obras expostas, integra o capítulo IV do livro “Der Ermutigte Mensch” com o título “A espiritualidade na Arte: As esferas omnipresentes da ressonância”. Belíssimos textos e reflexões de Arnold Mettnitzer, um grande escritor, poeta, amante de filosofia e de arte.

Os textos, este encontro, a espiritualiada e a arte, acabaram por sugerir o título para a exposição RESONANZ - RESONANCE.

A exposição estará patente ao publico até 31 de Janeiro de 2020.

Teresa Gonçalves Lobo nasceu no Funchal, Madeira, em 1968, e tem construído uma carreira artística consistente, expondo regularmente em galerias e museus não só em Portugal como tambem em Inglaterra, França, Bélgica, Rússia, Áustria e Espanha. É representada pela galeria Waterhouse & Dodd, em Londres. Vive e trabalha em Lisboa e possui um segundo atelier no Funchal.