Eterna 'Gabriela' é capa da Vogue Brasil aos 69 anos

Iolanda Chaves

Sónia Braga, que nos anos 70, interpretou a sensual Gabriela (foto), é aos 69 anos de idade capa da Vogue Brasil, assumindo de forma livre os seus longos cabelos brancos e uma forma de estar na vida com naturalidade.

Na telenovela Gabriela (do romance homónimo de Jorge Amado), atriz exibia uns longos cabelos castanhos, encaracolados, e era toda ela um lufada de ar fresco.

Ela própria se afirma livre da "luvinha" dos cabeleireiros, fazendo alusão às pinturas de cabelo.

"Meu cabelo é uma metáfora muito importante para mim. Mas, cabeleireiros, vocês não vão ter que sujar mais a mão e usar aquela luvinha – não quero pintá-los nunca mais”, diz na entrevista à Vogue ilustrada com fotografias de Henrique Gendre, que captam a sensualidade da atriz numa nova fase da vida.

Aos 69 anos, revela-se de bem com a idade e animada com as novas produções cinematográficas em que está envolvida. A Vogue Brasil refere-se a ela como "diva máxima".

Imparável, volta ao grande ecrã, com Bacurau, filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, ambos distinguidos em Cannes com o Prémio do Júri. Este momento acontece três anos depois da grande aclamação que recebeu na sua representação no filme Aquarius.

Sónia Braga tem no seu extenso e intenso currículo a participação no filme 'O Beijo da Mulher Aranha', que em 85 fez com que fosse a primeira brasileira a ser nomeada para um Globo de Ouro (de melhor atriz secundária).