“Melhor festival da Madeira” ‘MEO Sons do Mar’ regressa ao Funchal para a semana

Sofia Lacerda

A música portuguesa volta a ser celebrada já para a semana, nos próximos dias 30 e 31, no Parque de Santa Catarina, com a 9.ª edição do Festival MEO Sons do Mar.

O cenário escolhido, com uma deslumbrante vista para a baía do Funchal, será, mais uma vez, uma excelente forma de acolher a música de artistas bem conhecidos de todos nós. António Zambujo, que terá Ana Moura como sua convidada, no primeiro dia, e Agir e HMB no segundo, são os artistas do cartaz deste ano, que é apresentado como “o melhor festival da Madeira”.

Um fado descontraído e uma forma única de interpretar o Cante Alentejano são duas caraterísticas da música de António Zambujo, que tem uma forma especial de cativar e conversar com o público.

No Funchal, além de privilegiar os seus grandes êxitos, como o ‘Pica do 7’ e ‘Lambreta’, deverá dar uma especial atenção ao seu último álbum, ‘Do Avesso’, o seu oitavo trabalho.

António Zambujo estará acompanhado de outro grande nome do fado, Ana Moura, com quem revela uma grande cumplicidade sempre que cantam juntos.

Agir é outro nome que tem somado sucessos e temas que ficam no ouvido de todos.

Compositor, produtor e intérprete desde os 12 anos, foi trilhando o seu próprio caminho, sem nunca ficar à ‘sombra’ dos seus pais famosos, a atriz Helena Isabel e o ‘gigante’ Paulo de Carvalho.

Com três álbuns em nome próprio, o primeiro, homónimo, de 2010, e ‘Leva-me a sério’ (2015) e ‘No Fame’ (2018), é presença constante nas rádios, quer pelos temas a solo, quer pelas diversas colaborações com alguns dos maiores nomes da música nacional, como Ana Moura, Carolina Deslandes, Diogo Piçarra e Karetus.

No sábado também é dia de ouvir os HMB, formados por Héber Marques (vocalista), Fred Martinho (guitarrista), Daniel Lima (teclista), Joel Silva (baterista) e Joel Xavier (baixista), que já eram amigos e tocavam com outras formações, quando, em 2007, resolvem formar os HMB, à margem do projeto que mantinham na Igreja Evangélica.

‘O Amor é Assim’, ‘Paixão’ e ‘Não me leves a mal’ são canções bem-dispostas e dançáveis, que vão pôr todos a dançar.

Recorde-se que este é um evento promovido pela Câmara Municipal do Funchal, MEO e a Pev Entertainment, cujos bilhetes podem ser adquiridos na Fnac do MadeiraShopping, lojas MEO e online, na Ticketline.

Os ingressos custam 10€, por dia, e as portas abrem às 18 horas.