‘Ouvi Dizer’ que o ‘Fica na Cidade’ começa amanhã ... mas com ‘Vida Nova’

Sofia Lacerda

É já a partir de amanhã que todos os motivos vão ser bons para não arredar pé do Funchal, em novo ‘Fica na Cidade’, um evento organizado pela Câmara Municipal do Funchal e que se torna mais ambicioso a cada ano.

Entre os dias 17 e 23, mais de 150 músicos vão atuar em vários pontos da baixa, num total de 36 concertos, nos palcos do ‘Fica na Cidade’, nomeadamente na Praça Amarela, no Largo do Chafariz, na Zona Velha e na Rua da Carreira.
Como ‘surpresa’, a autarquia preparou um concerto extra no programa, que trará ao Funchal um artista muito acarinhado pelos portugueses, Anselmo Ralph, que vai atuar no sábado, no Largo do Município.
Para esta sexta-feira, primeiro dia, o palco principal, na Praça Amarela, será estreado pela icónica banda madeirense de rock ‘Pilares de Bânger’ e depois, atuará a incontornável voz dos Ornatos Violeta, Manel Cruz.
O cantor, responsável pelo clássico ‘Ouvi Dizer’, apresenta-se na Madeira a solo e traz na bagagem ‘Vida Nova’, o seu regresso aos discos depois de um hiato de sete anos.
Já no Largo do Chafariz, a música será dos Major Cafeína, que convidam todos “a ouvir temas de grandes artistas e bandas nacionais, a quem prestam homenagem com interpretações muito próprias”.
O palco da rua da Carreira, por toda a envolvência de restaurantes, terá concertos acústicos, para jantares ao som de boa música, que, neste primeiro dia, ficará a cargo da dupla Côrte & Sena.
A Zona Velha está reservada a atuações de ‘música do mundo’, jazz e sonoridades mais tradicionais madeirenses, com esta sexta-feira a ser abrilhantada pelos carismáticos Black Dog Blues Band.
O programa estende-se ainda ao Café Museu e ao La Vie, que receberá as ‘after-parties’.