Francisco Franco assinala 600 anos com homenagem a escritores madeirenses

Sessenta e oito jovens do 10º ano de escolaridade, distribuídos pelas turmas 6 e 7 (do curso de Ciências e Tecnologias) e 19 (do curso de Línguas e Humanidades) da Escola Secundária de Francisco Franco, serão construtores entusiastas do espetáculo designado 'Odisseia da Palavra por um dia', com o objetivo de homenagear escritores da Madeira, pretendendo contribuir para a comemoração dos 600 Anos da Descoberta da Madeira.

O evento terá lugar na Sala de Sessões da Escola, no dia 17 de maio do ano em curso, às 10h00. É promovido pelo Projeto Por onde Viajam as Palavras (POVAP), no âmbito da disciplina de Português e do Grupo de Recrutamento 300, e conta com a colaboração do Núcleo de Música.

O programa contemplará um projeto em vídeo-arte de Diana Serrão, leitura de poemas, dança, música e canto.

Serão homenageados os escritores: Herberto Helder, José Viale Moutinho, José António Gonçalves, João Cabral do Nascimento, Padre Alfredo Vieira de Freitas, Irene Lucília de Andrade, São Moniz Gouveia, António José Vieira de Freitas, João França e, no panorama musical, Edmundo de Bettencourt e Maximiano de Sousa (Max).

O projeto Por onde Viajam as Palavras (POVAP) é coordenado pela professora Regina de Castro e Abreu. A direção musical do evento está a cargo da docente Humberta Correia.