'Música a Norte' este sábado no Porto Moniz

Depois da sua estreia na Igreja Matriz de São Vicente, no passado dia 9 de março, a Igreja Matriz do Porto Moniz acolhe, amanhã, dia 16, pelas 20h00, o segundo dos quatro concertos de música barroca que integram o novo evento 'Música a Norte', organizado, pela Secretaria Regional do Turismo e Cultura, para assinalar as celebrações dos 600 Anos do Descobrimento da Madeira e Porto Santo.

Neste concerto "veremos em diálogo duas realidades distintas do barroco: a da tradição católica portuguesa e a da protestante alemã", afirma a SRTC. A interpretação está a cargo do grupo vocal Olisipo.

A iniciativa, que se apresenta de forma descentralizada, tem por objetivo a promoção dos bens e ativos culturais e o património cultural edificado da Madeira, associando-o a eventos que, primando pela qualidade e diferenciação, conquistam o público.

Este ciclo, que se realiza pela primeira vez na Região, dá a conhecer um dos períodos mais notáveis e ricos da história da música, reforçando o seu usufruto, por parte da população residente e visitante, fora do Funchal e, neste caso concreto, nos concelhos de São Vicente, Porto Moniz e Santana.

Refira-se que a par da sua estreia em São Vicente e do concerto que amanhã decorre no Porto Moniz, este ciclo de música barroca – que tem a direção artística de Carlos Antunes – terá, ainda, como palco, a 24 de março, o concerto na Igreja do Senhor Bom Jesus de Ponta Delgada.

O último dos quatro concertos previstos encerrará o 'Música a Norte', na Igreja Matriz de São Jorge, a 31 de março.