“Investimento que podemos fazer nos nossos músicos nunca será suficiente”, afiança vereador Bruno Martins

Sofia Lacerda

Dar palco a músicos madeirenses que estão a estudar nas mais prestigiadas instituições da Europa é o objetivo do ‘Festival New Generation’, que decorre este fim de semana no Teatro Municipal Baltazar Dias.

O evento foi apresentado esta tarde e é organizado pela Associação Cultural e Artística Imperatriz Sissi, estando dividido em dois momentos, conforme explicou a pianista Anikó Harangi.

São dois concertos, um no sábado e outro no domingo, ambos às 18 horas, no Teatro Municipal Baltazar Dias. “O de sábado intitula-se ‘From Romantic Guitar do Virtuous Clarinet’, que contará com quatros ex-alunos do Conservatório: Francisco Lopes (vem da Polónia), Filipa Nunes (vem da Ópera de Zurique), André Costa (está a estudar em Genebra) e Inês Diez, que vem de Roterdão”, além da própria Anikó Harangi.

No domingo, “apresentaremos ‘Magical Strings’, com Inês Diez, Anna Juhász, Francisco Caldeira, Alina Taraban e Iryna Kozina, que vêm de Lisboa e também do resto da Europa”.

A responsável frisou que este projeto pretende destacar “fantásticos ex-alunos do Conservatório, a quem gostaríamos de dar palco e a oportunidade para mostrarem o nível a que chegaram e o seu talento. Chegaram muito longe”, enalteceu.

“Estes são alunos que estão a estudar nas mais prestigiadas instituições da Europa”, frisou.

Anikó Harangi mais adiantou que, por outro lado, também gostariam “de demonstrar aos atuais alunos que é possível chegar mesmo muito longe e também mostrar o nosso orgulho ao público, tanto madeirense, como estrangeiro, já que, que mesmo numa ilha tão pequenina como a Madeira, existem imensos talentos”, congratulou-se.

Também presente na conferência de imprensa esteve o vereador Bruno Martins, que aproveitou a oportunidade para relevar que “a Madeira sempre teve bons músicos”, afiançando que “o investimento que nós podemos fazer nos nossos músicos nunca será suficiente”.

“Hoje em dia, nós sabemos que muitos dos nossos músicos têm que ir para fora estudar, e, por isso, é muito importante nós podermos seguir aquele que é o vosso trabalho. E nós também queremos criar melhores condições para que aqueles que queiram ficar possam também evoluir”, rematou.

Esta apresentação contou ainda com alguns dos jovens que irão protagonizar o ‘Festival New Generation’ e que agradeceram a oportunidades que lhes é dada e a importância de poderem mostrar o seu crescimento e evolução, de forma a inspirar também outros músicos da Madeira.