Museu de Imprensa recebe exposição natalícia

O Museu de Imprensa em Câmara de Lobos recebe, a partir da próxima sexta-feira e até ao dia 18 de janeiro de 2019, uma exposição temporária sobre Cartões de Boas-Festas. Vão estar visíveis mais de 100 Cartões de Boas-Festas dos anos 50 e 60 do século XX . É organizada por Lourenço Freitas e mistura uma coleção do Museu da Imprensa com algumas unidades particulares.

Um dos principais objetivos da exposição é demonstrar o valor cultural dos objetos, muitos dos quais foram impressos em tipografias madeirenses que, entretanto, extinguiram-se. Através dos elementos expostos, pretende-se transportar as pessoas "para um tempo em que os cartões de Boas-Festas eram uma prática de comunicação dominante na quadra natalícia". Há um contraste com a atualidade, pois era "um tempo ainda mais remoto, no qual a simplicidade de processos de impressão e a singeleza dos cartões de Boas-Festas se funde com a pureza e simplicidade do espírito natalício".

O primeiro postal de Natal surgiu no ano de 1843, em Inglaterra, pelas mãos do pintor John Callcott Horsley, na altura diretor do 'South Kensington Museum', pois havia alguma dificuldade para escrever cartas a todos os familiares. Tendo isto em conta, foi pedido a Horsley que criasse um Postal de Natal com uma mensagem simples e que pudesse ser replicada, nascendo assim o postal de Natal.