Exposição “Rostos da Regeneração” encerrou com um debate na Zona Velha

JM

Durante o mês de junho esteve patente na Zona Velha do Funchal, a exposição fotográfica intitulada “Rostos da Regeneração”, uma iniciativa que contou com o apoio do Município do Funchal, sob a curadoria do artista José Zyberchema e que resultou de um trabalho académico no âmbito da geografia social de Laura Portinaro, da Universidade do Piemonte Oriental.

O encerramento da exposição fez-se com um debate em torno da temática da regeneração desta zona da cidade, onde participou Rui Campos Matos, ex-Presidente da Delegação da Madeira da Ordem dos Arquitectos, José Zyberchema, residentes, turistas e comerciantes, alguns dos quais retratados na exposição.

No debate, os participantes manifestaram as suas preocupações e deixaram evidente o apreço pela “Zona Velha”, sendo unânimes na opinião de que apesar do trabalho que há por fazer, esta é hoje uma área com melhores condições.

A autarquia diz que este foi "um debate profícuo", onde "diferentes visões se cruzaram na busca do equilíbrio saudável entre o desenvolvimento da zona, a fixação dos habitantes e a atração de novos moradores, através de políticas públicas, como os programas de renda acessível".

Foram, ainda, apresentadas diversas sugestões para a Rua de Santa Maria, sublinhando-se a necessidade de reforçar a atratividade da zona com medidas estruturais, sobressaindo, nesse