Vikander feliz por fazer de Lara Croft lamentando poucas heroínas no cinema

A atriz sueca Alicia Vikander mostrou hoje no México a sua satisfação por ir fazer o papel de Lara Croft, já que disse ter crescido sem referências de heroínas em filmes e jogos vídeo.

Na pré-visualização do filme "Tomb Raider", realizada na Cidade do México, Vikander disse que participar neste filme foi uma experiência "absolutamente fantástica".

"Eu joguei videojogos (do Tomb Raider) quando era mais jovem e vi os outros filmes com Angelina Jolie e, para mim, significa muito fazer parte deste", porque crescemos sem ter muitas heroínas em videojogos e na tela”, disse a atriz, que reconhece ter sido sempre fã de filmes de ação.

No tapete vermelho, no qual ela apareceu com um simples vestido amarelo, Vikander explicou aos jornalistas como decorreu todo o processo de treino para fazer este filme de ação.

"Eu nunca tinha feito nada assim antes, trabalhei com profissionais incríveis durante alguns meses para fazer o melhor que pude", disse a atriz, e lembrou que é comum que os atores tenham que aprender "novas habilidades" para representar num filme, nomeadamente tocar um instrumento ou falar um novo idioma.

A atriz também falou sobre o seu amor pelo México, especialmente pelas "pessoas maravilhosas", as "belas" praias que aproveitou para surfar e também pela sua comida.

Na pré-visualização, Vikander teve tempo de fazer 'selfies' com os seus fãs e também tirou fotografias com um grande grupo de fãs vestidos como Lara Croft.

A atriz sueca também assinou alguns 'DVD' de outras obras em que participou, como "The Danish Girl", com o qual ganhou o Oscar de melhor atriz secundária, ou "Ex Machina".