'Unidos a Alírio Diaz' acontece esta sexta-feira no Teatro Baltazar Dias

A Associação Cultural e de Solidariedade Social Raquel Lombardi, organiza o concerto “Unidos a Alírio Diaz”, que decorrerá no Teatro Municipal Baltazar Dias, esta sexta-feira, pelas 21 horas.

O projeto 'Solidário Unidos', da Associação Cultural e de Solidariedade Social Raquel Lombardi, promove este concerto solidário em homenagem a Alírio Dias.

O concerto será protagonizado pelo seu filho Sénio Diaz, Maestro de Guitarra e professor no Conservatório de L’Aquila, com a participação especial de Luciano Lombardi (Guitarra Clássica), Yury Rykunov (Dança), Violante Saramago Matos (Literatura) e António Barroso Cruz (Literatura), estes dois últimos padrinhos deste evento.

Alírio Díaz foi um guitarrista e compositor venezuelano clássico (1923/2016) e um dos compositores e guitarristas mais proeminentes de seu país. Hoje é uma referência internacional para todos os que se dedicam a conhecer a guitarra clássica. Tem uma fundação com o seu nome, onde se realiza um concurso internacional de guitarra Alírio Diaz, de dois em dois anos.

Muitas composições foram dedicadas a Díaz, incluindo Invocación y Danza, do compositor espanhol Joaquín Rodrigo.

Desde 1974, o Comitê Internacional de Guitarra Alírio Diaz homenageia a arte deste virtuoso venezuelano e celebra seu inestimável contributo para o ensino e aprendizagem da guitarra clássica.

Paralelamente a este concerto será exibida uma coleção particular de guitarras de luthiers, de renome internacional nomeadamente:
1963 - Ignacio Fleta;
1867 - Antonio de Torres;
1931 - Francisco Simplicio;
1989 - Andrea Tachi - 11 Strings
1990 – Coclea - Andrea Tachi
1979 - Jerónimo Peña Fernandes
1991 - Masaru Kohno - modelo Maestro.