35º Aniversário do 'Si que Brade' celebrado no Baltazar Dias

A Câmara Municipal do Funchal, em coprodução com a Associação Amigos do Conservatório de Música da Madeira e com o Conservatório, Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, irá acolher no Teatro Municipal Baltazar Dias, no dia 28 de janeiro, o concerto do 35.º aniversário do 'Si que Brade', este que é um grupo do Conservatório, cujo repertório se constitui em torno de música e instrumentos tradicionais madeirenses.

O concerto, que se assume como celebração da longevidade do grupo, conta com a participação especial do Combo de Música Moderna do Conservatório, com o objetivo de promover um cruzamento entre o género musical tradicional e o contemporâneo. A direção artística é da responsabilidade dos professores e diretores artísticos, Roberto Moritz e Rodolfo Cró.

O grupo musical 'Si que Brade' foi constituído no ano letivo de 87/88 com o propósito de estimular os jovens à aprendizagem de instrumentos tradicionais madeirenses.

Atualmente o grupo é composto por 13 elementos com idades entre os 12 e 29 anos. O repertório do 'Si que Brade' envolve predominantemente a área da música tradicional/popular madeirense, ainda que apresente temas populares nacionais e internacionais, assim como a música erudita.

O espetáculo é dirigido para indivíduos com idades superiores a 6 anos e pode ser assistido pelo valor de 10 euros, com desconto para estudantes.