Estreia absoluta de espetáculo de dança em Portugal no Baltazar Dias

Daniel Faria

O Teatro Municipal Baltazar Dias recebe o espetáculo de dança 'The man who did not see the whale pass by' de Panaibra Gabriel Canda, a 27 de janeiro, pelas 19 horas.

Inspirado pelos autores Janusz Korczak e Fernando Pessoa, o coreógrafo e bailarino moçambicano Panaibra Gabriel Canda, neste espetáculo de dança, lida com os diferentes mundos e perceções de adultos e crianças e com utopias perdidas ou enterradas. “The man who did not see the whale pass by” já esteve em cena na Alemanha, no teatro Kampnagel, no Festival Internacional de Dança nrw, em 2022, e no Krass Kultur Crash Festival.

Segundo Panaibra Gabriel Canda, neste espetáculo “há um desentendimento entre o pensamento racional do homem e sua irracionalidade: um grito mudo que apela à multidão, um olhar cego que vê uma paisagem, um movimento mutilado que se lança no vazio, um cheiro inodoro que sufoca o ambiente, um gosto que arde na língua; uma mente que habita o subconsciente de uma consciência que compactua com as ditaduras democráticas ao habitar a inércia da presumível liberdade de uma vida morta no tempo! Este é o homem do mar, que não viu a baleia passar, não ouviu o canto da baleia, não sentiu o sal da água, muito menos o movimento da onda. Este homem vive aqui, neste mundo onde heróis se transformam em vilões, libertadores em exploradores, ideologias em fé, religião em política, guerras em negócios, governos em opressores, fronteiras em muros, seguranças em incertezas. Sim, eis o homem que contamina a terra para viver na lua - sem gravidade nem oxigênio”.

Panaibra Gabriel Canda, nascido em Maputo, é coreógrafo há 25 anos, sendo dos mais importantes da África, refletindo as convulsões pós coloniais. Estudou teatro, dança e música e Moçambique e em Portugal. Desde 1993 desenvolve projetos artísticos próprios, sendo que o seu trabalho foi apresentado mundialmente e ganhou diversos prémios. Em 1998 Em 1998 fundou a CulturArte – Cultura e Arte em Movimento, considerado dos primeiros espaços de produção de dança contemporânea em Moçambique. Enquanto diretor artístico e coreógrafo, Panaibra apoia e desenvolve atividades locais e regionais, incluindo performances e cursos para iniciantes. Para além disso, ele desenvolve colaborações com artistas na África do Sul e na Europa. Panaibra Gabriel Canda foi distinguido pela prestigiada revista alemã TANZ juntamente com outros 30 artistas internacionais como “New Promise for the Future of Dance”.

'The man who did not see the whale pass by', com a duração de 50 minutos, para maiores de 12 anos, tem o custo de 7 euros, sendo que os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Municipal Baltazar Dias ou online, na Ticketline.