Mostra de fotografia revela 'Identidades Atlânticas'

Exposição organizada pelos Cabildos de Gran Canaria e Lanzarote inaugurada a 24 de janeiro no Centro Cultural John dos Passos.

Amanhã, terça-feira, dia 24 de janeiro, pelas 17 horas, é inaugurada no Centro Cultural John dos Passos, espaço tutelado pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, através da Direção Regional da Cultura, a mosrta intitulada "Identidades atlânticas: a perspetiva patrimonial". Trata-se de uma exposição organizada pelo Cabildo de Gran Canaria e pelo Cabildo de Lanzarote que, em colaboração com a Secretaria Regional de Turismo e Cultura e o Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente's, ficará patente na sala de exposições do Centro Cultural John dos Passos, até ao dia 24 de fevereiro. O Secretário Regional de Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, marca presença no evento.

Sobre esta mostra, a tutela da Cultura refere, em comunicado, que a fotografia se disseminou pelo planeta no século XIX acompanhando a primeira globalização realizada pelas potências europeias. Rapidamente chegou às ilhas e arquipélagos do Atlântico, pois eram os pontos de apoio dessa expansão.

Os fotógrafos europeus e insulares contribuíram para a criação de uma iconografia identitária dos arquipélagos, criando uma imagem das ilhas acomodada à visão europeia das mesmas, no entanto nem sempre essa visão externa correspondia à realidade da vida insular.

Outros fotógrafos fixaram a atenção das suas lentes aos aspetos da vida social e cultural das ilhas que escapavam ao olhar externo, um tanto estereotipado.

Nesta exposição são então comparados e colocados em diálogo estes dois pontos de vista sobre os arquipélagos: a perspetiva patrimonial onde mostramos o importante papel da fotografia na criação da iconografia colonial nas Ilhas Canárias e o olhar de Javier Reyes, pelo qual poderemos assistir a uma extraordinária revisão da vida social e cultural do norte da ilha de Lanzarote, que nos mostra a realidade insular destacada da visão de fora.