Madeirense Luís Ramos Freitas lança livro nos Açores e em breve na Madeira

JM

Luís Ramos Freitas lançou o livro "a solitude do amor", nos Açores, em Ponta Delgada, cidade dos poetas, na Casa da Madeira nos Açores.

É um madeirense que escolheu os Açores para viver e publica a sua segunda obra poética.

Esta obra tem a chancela da editora Letras Lavadas, a mais prestigiada casa editorial dos Açores, que tem contribuído, durante as suas várias décadas de história, para a afirmação e difusão de escritores açorianos e madeirenses.

Dezenas de pessoas marcaram presença na apresentação deste livro de poemas que fala de amor, em solitude, através da construção de uma narrativa que proporciona uma experiência única e deliciosa. Prefaciado por Berta Pimentel, docente de Filosofia na Universidade dos Açores e apresentado por Duarte Nuno Chaves, Investigador e docente de História na Universidade dos Açores.

"A poesia é a lição que a vida nos dá, de que a natureza da mesma é profunda e que o nosso olhar apenas alcança a superfície.", acrescentado de que importa não esquecer de que "amar é uma questão de fé. Quem não tem fé dificilmente terá amor, no peso e na medida necessária para cumprir com objetividade o fim a que o amor se propõe", disse o autor.

Para breve está prevista a apresentação da obra na Madeira.